Curso de Liderança: Desperte o Líder que há em Você

/, Liderança/Curso de Liderança: Desperte o Líder que há em Você

Curso de Liderança: Desperte o Líder que há em Você

Ao ministrar um curso de liderança, frequentemente escuto pessoas dizerem que liderar é uma habilidade que já “nasce” com a pessoa.

Na verdade, todos somos educados e “moldados” à medida em que passamos pelas diversas experiências da vida.

Por isso, podemos afirmar que a competência de liderança é algo que é e pode ser desenvolvido por todos, mesmo que você acredite que não “nasceu com este talento”.

Continue lendo para saber sobre:

  • A importância de um curso de liderança
  • Quando buscar um curso de liderança
  • Ganhos para a empresa
  • Soluções e cursos de liderança
  • Treinamentos avançados de liderança
  • Quanto custa e quanto devo investir?
  • Mas afinal, o que é liderança?
  • A diferença entre chefe e líder
  • Comportamentos e habilidades de um bom líder
  • Medindo os resultados de um curso de liderança

A importância de um curso de liderança

É comum observar gestores se preocupando em desenvolver sua liderança apenas depois de o negócio ser aberto. Contudo, aí reside um grande perigo.

No Brasil, um dado preocupante assombra a vida de muitos empresários. Isso porque de acordo com o IBGE, a maioria dos empreendimentos que surgem fecham as portas nos primeiros cinco anos de vida.

Considerando que muitos empreendedores abrem seus negócios mais motivados pela necessidade do que por uma oportunidade, como mostra  a pesquisa GEM SEBRAE, fica claro o risco que estes gestores correm ao não terem noções claras de gestão e liderança.

Treinamentos de liderança são capazes de abrir um verdadeiro mar de possibilidades empresariais por unir dois importantes fatores: conhecimento estratégico, inteligência emocional e ações comportamentais.

Gestores, diretores e empreendedores que realizam capacitações de liderança, aumentam a produtividade e motivação da equipe, lideram com mais assertividade e aumentam os lucros e resultados da empresa.

Quando buscar um curso de liderança?

O primeiro e importante fator antes de buscar um treinamento ou solução de liderança é ter clareza de que você deseja ou precisa se desenvolver nesta área.

Isto porque, como digo em meus treinamentos de Coaching, é impossível ajudar uma pessoa quando esta não está pronta para ser apoiada.

Alguns sinais podem indicar que você e seus gestores precisam realizar um curso de liderança, como:

  • Dificuldade em motivar a equipe;
  • Clima tenso e pesado na empresa;
  • Resultados e metas abaixo do esperado;
  • Pouca confiança na equipe;
  • Dificuldades em dizer não a seus subordinados;
  • Sua concorrência cresce e sua empresa não;
  • Pouca clareza sobre os rumos do negócio;
  • Falta de inovação e novos produtos;
  • Dificuldade em liderar pessoas difíceis.

Estes são apenas alguns pontos que gestores demonstram dificuldade quando pensam em deixar de ser chefes e passar a serem líderes.

A boa notícia é que tudo isso pode ser corrigido e melhorado.

Ganhos para a empresa

Quando um líder começa a vivenciar um treinamento de Coaching para liderança, costumamos dizer que a empresa toda passa a fazer este treinamento também.

Digo isto porque as ações traçadas em uma reunião ou treinamento refletirão no dia a dia da empresa, de seus colaboradores, parceiros e até mesmo clientes.

Ao adotar a cultura de desenvolver a liderança (sua e da equipe), sua empresa pode ter ganhos notórios, como:

Soluções e Cursos de Liderança

Existem no mercado uma infinidade de soluções que podem desenvolver a liderança, mesmo em gestores que tenham pouca experiência. Alguns tipos são:

Palestras: São o pontapé inicial para despertar sobre a importância de ser e de desenvolver a liderança. Costumam ser breves, entre cinquenta minutos a uma hora e meia, motivando os participantes a refletir e aprender rapidamente conceitos de como liderar melhor;

Cursos de liderança: São soluções mais longas e com mais conteúdo sobre liderança, podendo conter atividades práticas e interação entre participantes e instrutores. No Brasil, algumas instituições são especializadas em treinamentos na área, a exemplo do Instituto Dale Carnegie.

Programas avançados: Com formato personalizado e adaptado à necessidade do profissional, os programas avançados de liderança, conseguem formar verdadeiros líderes, mesmo que tenha pouca ou nenhuma experiência. A Leão Brasileiro desenvolve líderes com esta solução (inscreva-se aqui), sendo capaz de moldar e construir novos comportamentos para uma liderança de alta performance.

Quanto custa e quanto devo investir em um curso de liderança?

Há diversos treinamentos de liderança no mercado, desde soluções on-line a vivências presenciais.

O fato é que você irá encontrar desde cursos que são totalmente gratuitos a àqueles que custarão centenas ou milhares de reais.

E a que você deve estar atento neste momento? No seu momento profissional e na maneira como irá realizar este investimento.

Se você ainda não atua como líder ou ocupa cargo de gestão e deseja apenas ter noções do que vem a ser a liderança, um curso gratuito, palestra ou treinamento rápido pode atender suas necessidades.

Já se você vive uma carreira com desafios de gestão, se possui pessoas subordinadas a ti em sua equipe ou se pretende iniciar uma atuação como líder, considere treinamentos mais avançados.

O que dirá sobre o resultado que terá será sempre o retorno sobre o investimento. Ou seja, se o conteúdo du curso se aplica à sua necessidade prática.

Mas afinal, o que é liderança?

Na vida temos diversos exemplos de como o comportamento de equipes dependem da maneira como seu líder a conduz.

Seja em um jogo de futebol, em uma orquestra sinfónica ou até mesmo em uma empresa, a maneira como os objetivos são direcionados é a chave para o sucesso.

Liderar nada mais é do que identificar e reunir talentos, tendo a habilidade e competência de motivá-los e direcioná-los a um objetivo comum.

Atualmente, o mercado tem exigido cada vez mais habilidades de liderança das empresas que querem crescer a altos níveis de desempenho.

A diferença entre chefe e líder

Quando realizo treinamentos em empresas, uma das maiores queixas das equipes tem relação com o comportamento do gestor e a forma de se relacionar com o time.

Certa vez, ao perguntar para uma equipe de uma empresa quais eram suas insatisfações, a maioria afirmou que o gestor sequer sabe os nomes e talentos de cada um.

Chefe é um termo relacionado a gestores que não entendem que o resultado final depende também do empenho da equipe. Eles tendem a ter um relacionamento frio com o time e costumam ser centrados em si mesmos.

Porque o comportamento de um líder encanta então? Justamente por atuarem com foco no desenvolvimento da equipe, reconhecendo seus talentos e motivando seu time a alcançar o resultado colaborativamente.

Este artigo fala em detalhes a diferença entre chefe e líder.

Comportamentos e habilidades de um bom líder

Mas como é possível que um curso de liderança desenvolva esta habilidade mesmo em quem tem pouca ou nenhuma experiência?

O segredo está na engenharia de mapeamento, compreensão e mudança de comportamentos.

Diferentemente de apenas uma leitura, por exemplo, quando se busca construir e mudar comportamentos de maneira prática no dia a dia, as novas habilidades são apreendidas e passam a fazer parte do perfil deste novo líder.

Alguns comportamentos-chave fazem parte de um perfil de líder de sucesso, como:

  • Orientação para Pessoas;
  • Relacionamento com Clientes;
  • Interação com Outros;
  • Consistência;
  • Competitividade;
  • Senso de Urgência;
  • Local de Trabalho Organizado;
  • Adaptação a Mudanças;
  • Análise de Dados;
  • Versatilidade;
  • Execução até o Final;
  • Habilidade de Seguir Normas.

Em um programa avançado de liderança, a exemplo do realizado pela Leão Brasileiro, um mapeamento comportamental DISC é realizado para, por meio de sessões de coaching, desenvolver a liderança no gestor atendido.

Se você é gestor de uma empresa ou equipe, é importante também compreender alguns aspectos fundamentais para ser um líder fenomenal, como:

Saber delegar

Diversos gestores sofrem e não conseguem levar suas empresas à alta performance justamente por acumularem e centralizar as funções e demandas consigo.

Sustentados pelo argumento de que não confiam que a equipe fará o trabalho como deve ser feito, acabam ficando sem tempo e impedem que a equipe seja melhor a cada dia.

Começar por identificar os talentos de cada integrante da sua equipe e começar a delegar tarefas que não dependam de você é uma excelente forma de iniciar.

Acompanhar e dar feedback

Por mais que delegar seja importante, é imprescindível acompanhar os resultados.

Conheço empresas que não possuem a cultura de realizar reuniões com o time e os resultados não são dos melhores.

Fazer momentos individuais de feedback e outros em equipe para tratar dos objetivos e ações necessárias são passos importantes para uma empresa que deseja uma liderança forte.

Reconhecer a equipe

Acredite, não apenas de salário vive o homem. Certa vez um bancário disse em uma conversa informal que o carro que ele havia comprado era para compensar tudo que ele sofria no banco.

É fácil imaginar que ele não se sinta motivado a trabalhar todos os dias, certo?

Independente do tamanho da sua equipe, reconheça e comemore cada conquista e bom resultado. Você irá notar um aumento de confiança e resultados sem igual.

Compartilhar sua visão

Um dos fatores que contribuem para que talentos abandonem uma empresa, além da falta de reconhecimento, é a falta de clareza sobre o futuro do negócio.

Se sua empresa possui um planejamento estratégico, compartilhe com seu time na próxima reunião que fizer. Se não possui este documento, comece já a desenvolvê-lo.

Quando sua equipe tiver clareza do que sua empresa pretende alcançar e o que fará para conquistar tais resultados, o engajamento e empenho aumentarão.

Medindo os resultados de um curso de liderança

Sim, todas as ações realizadas em uma empresa precisam ser mensuradas. Afinal, o que não pode ser medido não pode ser gerenciado.

Alguns passos importantes que você deve considerar:

  • Saber antes quais são seus objetivos;
  • Conhecer a si e sua equipe;
  • Executar as ações propostas no treinamento;
  • Analisar os impactos e mudanças posteriores ao curso realizado;
  • Identificar problemas ou dificuldades que tenham sido solucionadas;
  • Analisar o antes e depois de dados de vendas e indicadores;
  • Realizar pesquisas com a equipe, clientes e fornecedores.

Ao seguir estes passos, você terá total clareza sobre os impactos positivos trazidos pelo treinamento e saberá a medir o ROI – Retorno Sobre o Investimento.

Avance na sua liderança!

Entre em contato conosco para participar do Programa Liderança Inspiradora e alavanque seus resultados de liderança. Clique aqui.

By | 2018-04-23T11:54:49+00:00 Abril 8th, 2018|Categories: Coaching, Liderança|0 Comments

About the Author:

Palestrante, Coach pela Sociedade Latino Americana de Coaching, analista comportamental e analista de competências pela HR TOOLS, Administrador, especialista em Comunicação e Marketing empresarial, Empreteco, consultor e instrutor do SEBRAE. Atua estimulando o empreendedorismo e com o desenvolvimento de pessoas e empresas por meio de treinamentos e processos de Coaching.