Estilos de liderança: Vantagens e Desvantagens de Cada Um

/, Desenvolvimento Humano, Liderança/Estilos de liderança: Vantagens e Desvantagens de Cada Um

Estilos de liderança: Vantagens e Desvantagens de Cada Um

Você conhece os diversos estilos de liderança? Se você chegou até aqui, é porque tem um problema a resolver.

Talvez você precise contratar um gestor para sua empresa, ou está tentando se qualificar para uma promoção.

Quem sabe você até já seja líder de uma equipe, mas precise envolver seus colaboradores rumo ao crescimento da empresa.

Seja qual for o caso que mais se adapte ao seu, é de extrema importância conhecer melhor os estilos de liderança.

Afinal de contas, tenho certeza que você prefere não perder seu tempo ditando ordens para uma equipe auto-gerenciável, nem oferecer liberdade demais para colaboradores que precisam de ordens claras.

Então, antes de listar os estilos de liderança, vou explicar quais aspectos levar em consideração para escolher o melhor modelo para sua equipe.

O que é liderança?

Antes de mais nada, é essencial esclarecer o conceito de liderança.

A liderança não é um conjunto de regras das quais um chefe se utiliza para aperfeiçoar os resultados dos funcionários.

Liderança se baseia na influência interpessoal, ou seja, na capacidade do líder de influenciar comportamentos de um grupo em prol de um objetivo.

Como diz o livro O Monge e o Executivo, liderança é “a habilidade de influenciar pessoas para trabalhar entusiasticamente visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum”.

Para Chiavenato, “a liderança é necessária em todos os tipos de organização humana, seja nas empresas, seja em cada um de seus departamentos. Ela é essencial em todas as funções da Administração: o administrador precisa conhecer a natureza humana e saber conduzir as pessoas, isto é, liderar”.

Alguns líderes se utilizam de poder, influência e autoridade para alcançar seus objetivos.

Outros preferem agir a partir do poder do exemplo, da comunicação e da inspiração.

Não existe um estilo certo ou errado; todos são modelos aplicáveis no mundo dos negócios, basta que o líder saiba os momentos e situações certas para utilizar cada estratégia.

Entretanto, um líder com maior capacidade de adaptação sempre terá vantagens em relação a outros com modelos de liderança mais restritos e conservadores.

Portanto, conhecer os diferentes estilos de liderança e saber aplicá-los é uma forma de estar à frente de outras pessoas na mesma posição.

Como escolher o melhor entre os estilos de liderança

Preciso ressaltar que você provavelmente sentirá mais afinidade por um estilo ou outro, dependendo de suas experiências anteriores e de como você enxerga o papel de um líder.

Afinal, exercer a liderança se trata de construir relacionamentos saudáveis com os empregados, fornecedores e clientes.

E, dependendo do tipo de relacionamento que é preciso construir, alguns valores são mais apreciados do que outros.

Por exemplo, uma equipe indisciplinada exige um líder que demande e organize todas as tarefas. Já uma equipe madura e experiente precisa de um líder mais orientador e liberal.

É essencial conhecer muito bem o time com o qual você trabalha e identificar suas limitações e suas competências.

Assim, você poderá selecionar os conhecimentos e técnicas de outros estilos de liderança e agregá-los aos seus, tornando você um líder único e que se adapta facilmente a quaisquer modelos de gestão.

Como consultor empresarial, auxiliei muitos gestores na tarefa de identificar os pontos positivos e negativos de suas equipes.

Para conhecer o time com o qual trabalha, se faça algumas perguntas:

  • Quais as competências da minha equipe?
  • Quais os pontos onde vejo que existe possibilidade de melhoria?
  • Quais os problemas que enfrento diariamente no meu papel como líder, em relação à essa equipe?
  • Se eu permitisse que a equipe fosse auto-gerenciável, o que aconteceria?
  • Se eu tornasse a liderança mais centralizada, o que aconteceria?

Através das respostas à essas perguntas você encontrará um modelo aproximado de líder que sua equipe precisa para executar o trabalho com excelência.

Não hesite em perguntar ao time o que eles esperam de você; as respostas podem lançar uma nova luz sobre a questão.

1. Situacional

A liderança situacional ocorre quando, por algum imprevisto ou acontecimento repentino, um funcionário é colocado sob uma situação de liderança sem esperar ou solicitar por tal coisa.

Isso pode acontecer devido à uma doença, demissão, ou vários problemas em conjunto.

Nesse caso, por normalmente ser um momento de crise, o líder situacional tem tendência a permitir maior participação do grupo na tomada de decisões e oferecer soluções mais criativas para os problemas enfrentados pela empresa.

Você foi colocado nessa posição e não sabe o que fazer? Saiba como ser um bom líder.

Vantagens

Um funcionário, quando colocado numa situação inesperada de liderança, tem tendência a estar mais próximo dos outros colaboradores, conhecendo suas necessidades e desafios.

Assim, esse conhecimento permite que a tomada de decisões seja mais simples e efetiva do que se fosse feita por um gestor que não tenha contato direto com a equipe.

Desvantagens

Um dos possíveis problemas da liderança situacional é a falta de preparo do novo líder.

Por não estar esperando tal atribuição para si, ele pode não se sentir preparado para suprir as necessidades da equipe.

Como citei anteriormente, esse tipo de liderança ocorre frequentemente em momentos de crise.

Um líder inexperiente, diante de um momento delicado, pode não ser capaz de realizar a mudança que a empresa precisa para seguir em frente.

Outro problema é que a escolha do líder deve ser muito bem feita, caso contrário, os funcionários podem se ressentir da promoção e não respeitar a posição de liderança do funcionário.

2. Carismática

Um líder carismático reúne as principais qualidades que um excelente líder deve ter.

Alguns exemplos são:

  • Habilidade em comunicar-se, que também inclui saber ouvir;
  • Excelente relacionamento interpessoal,
  • Altos níveis de autoconhecimento e autogerenciamento das emoções;
  • Objetivos pessoais e profissionais muito claros.

Vantagens

A autoconfiança é uma das principais características da liderança carismática.

Um líder confiante inspira os outros membros da equipe a darem mais de si, estimulando o rendimento do trabalho através unicamente de sua presença.

Ele também mantém uma atitude positiva diante dos desafios e obstáculos, mas sem deixar-se cair na aceitação.

Muito pelo contrário, os líderes carismáticos estão sempre em busca de melhoria, seja em seu modo de gestão, seja nos modelos de trabalho adotados pela equipe.

Também tendem a perceber pontos de melhoria mais rapidamente, devido à sua disponibilidade para ouvir os funcionários, gerando um sentimento de realização e pertencimento na equipe.

Desvantagens

O líder carismático também pode ser muito autocentrado, tomando a si próprio como um modelo a ser seguido.

Isso pode fazer com a equipe o considere arrogante, diminuindo sua força como líder.

A constante busca por melhoria pode se tornar cansativa e inesgotável, ou transformá-lo em um líder constantemente insatisfeito.

Caso não tome cuidado, o líder pode acabar efetuando mudanças com muita frequência, gerando instabilidade e medo na equipe.

É possível que esse modelo de líder tenha tendência para dominação sobre o outro, o que pode prejudicar as relações de trabalho, dependendo do tipo de equipe com o qual ele esteja trabalhando.

3. Democrática

O estilo de liderança democrático procura dividir a tomada de decisão entre o líder e os membros da equipe de forma igualitária.

Esse líder tem tendência a ser mais orientador do que chefe, estimulando e incentivando a equipe a fornecer as melhores ideias.

Vantagens

A liderança democrática aumenta a satisfação da equipe através da sensação de estar colaborando para o bem-estar coletivo.

Existe a tendência de reduzir a abstenção e a rotatividade dos funcionários, além de aumentar o nível de felicidade geral.

Desvantagens

Um ponto negativo é a demora para tomada de decisões, uma vez que é necessário consultar todo o time previamente.

Também é necessário considerar se a equipe tem maturidade suficiente para ser gerenciada dessa forma.

Equipes muito jovens e inexperientes podem não se sair bem nesse modelo. Um líder democrático precisa de uma equipe madura e capaz de se autogerenciar.

4. Autocrática

A liderança autocrática é o oposto da democrática.

Ela se caracteriza pelo controle da tomada de decisões nas mãos de um único indivíduo, oferecendo pouco espaço para opiniões do grupo.

Esse modelo tende a ser considerado negativo, mas, dependendo do foco da equipe, pode ser a melhor forma de liderar.

Vantagens

A rapidez na tomada de decisões é a principal vantagem, pois o líder não precisa consultar nenhuma outra pessoa.

Outro ponto positivo é o foco nos objetivos finais, o que mobiliza toda a equipe em torno de um único propósito.

Os líderes autocráticos também permitem que a equipe se torne altamente qualificada em tarefas específicas.

Portanto, esse modelo é especialmente recomendado quando o líder possui a maior parte do conhecimento do processo, e a equipe é encarregada da execução de partes individuais.

Exemplo: fábricas, construções e outros serviços operacionais.

Desvantagens

O líder autocrático precisa tomar cuidado para não se tornar autoritário, o que pode causar ressentimento no grupo.

É importante ouvir os funcionários e respondê-los com atenção e sinceridade, mesmo que os processos não mudem.

Pode acontecer uma diminuição no número de soluções criativas para os problemas da empresa, pois uma única pessoa é encarregada desse processo.

A longo prazo, o líder pode sentir os efeitos do estresse, reduzindo o desempenho.

A equipe pode sentir que não é valorizada pela empresa, causando receio de assumir responsabilidades e diminuindo a motivação e a moral.

5. Transformacional

Como o próprio nome diz, o líder transformacional busca transformar o ambiente na qual está inserido.

Ele está sempre de olho em oportunidades para mudar a realidade onde está inserido, resolvendo desde os problemas mais simples até os mais complexos.

Nada é um desafio pequeno ou grande demais para um líder transformacional.

Um grande exemplo desse modelo de líder é Steve Jobs, fundador da Apple.

Vantagens

A liderança transformacional traz energia e motivação ao ambiente, inspirando todos a se reinventarem.

Esse líder normalmente é uma pessoa carismática, que inspira os membros da equipe a aprenderem e inovarem para se adequarem ao potencial que o líder espera.

Uma das características essenciais desse modelo de liderança é não fugir de suas responsabilidades e não ter medo de botar a mão na massa.

Se é para ser feito, por que não fazemos agora?

A palestra no TEDTalks de Simon Sinek: Como os grandes líderes inspiram à ação explica muito bem o funcionamento da motivação inspiradora e como os líderes a utilizam.

Desvantagens

Um líder transformacional não se encaixa numa empresa que exige rotina e estrutura.

Ele pode até exercer essa função num momento de crise, onde as mudanças sejam necessárias, mas não conseguirá seguir em frente com o mesmo modelo depois da superação do problema.

Por exigir alta performance dos funcionários, pode não ser adequada para equipes inexperientes, a não ser que a equipe tenha potencial para grandes resultados.

O líder precisa ter uma imagem pessoal forte dentro da empresa. Logo, qualquer erro ou comportamento que fuja dos padrões pode causar desmotivação geral dos funcionários.

6. Liberal

A liderança liberal (ou laissez-faire) é baseada na mínima intervenção do líder nas decisões da equipe.

O grupo fica mais à vontade, sem necessidade de acompanhamento constante.

O líder fez apenas observações pontuais quando solicitado.

Vantagens

O líder liberal encontrará bastante resultado em uma equipe experiente.

Ao deixar a tomada de decisões nas mãos do grupo, ele permite maior autonomia e demonstra confiança na capacidade dos integrantes.

É possível que, tendo essa autonomia, os funcionários passem a enxergar a empresa com os olhos do dono.

Ou seja, irão procurar formas de lucrar e economizar custos, além de estimular a entrega de resultados excelentes, e não apenas aceitáveis.

Desvantagens

Mesmo dando espaço aos colaboradores, é preciso que o líder fique atento às atividades que estão sendo realizadas, prevenindo os funcionários de cometerem erros que podem trazer prejuízo à empresa.

Se os projetos não estiverem muito bem estruturados, com planejamento claro, prazo de entrega definido e papéis bem estabelecidos, a equipe pode ficar sem direção.

A longo prazo, a produtividade pode diminuir consideravelmente, sendo necessário um controle de qualidade dos resultados.

Antes de implantar as estratégias da liderança liberal, lembre-se de garantir que a equipe saberá se virar sem você.

Conclusão

Procurei esclarecer neste artigo as dúvidas que percebi serem as mais frequentes entre gestores e líderes em relação à estilos de liderança.

Através das características listadas aqui, ficará mais fácil para você escolher o modelo com o qual mais se identifica — e também o que pode aprender com os outros.

Dessa forma, as suas habilidades como líder se tornarão cada vez maiores e mais adaptadas à equipe com a qual estiver trabalhando.

Saber se reinventar e se adequar ao ambiente de trabalho é uma característica essencial para um gestor de sucesso.

Se você quer aprender mais, considere fazer um curso de coaching empresarial, o que ajudará você e sua equipe a atingirem o máximo potencial.

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais e não deixe seus amigos de fora dessas dicas de liderança empresarial!

By |2018-09-24T17:40:25+00:00setembro 23rd, 2018|Categories: Coaching, Desenvolvimento Humano, Liderança|0 Comments

About the Author:

Palestrante, Coach pela Sociedade Latino Americana de Coaching, analista comportamental e analista de competências pela HR TOOLS, Administrador, especialista em Comunicação e Marketing empresarial, Empreteco, consultor e instrutor do SEBRAE. Atua estimulando o empreendedorismo e com o desenvolvimento de pessoas e empresas por meio de treinamentos e processos de Coaching.

Leave A Comment

WhatsApp Agendar Mentoria de Liderança